sábado, 24 de maio de 2008

Quase certo: Marão será vice de Newton


Está quase certo. O médico Mário Alexandre - filho da deputada Ângela Sousa - provavelmente será candidato a vice-prefeito na chapa do prefeito Newton Lima.

Os termos do acordo já foram devidamente explicitados. A exigência principal do grupo da deputada é o apoio incondicional e exclusivo para as eleições de 2010, quando Dona Ângela tentará a reeleição.

A parlamentar decidiu não seguir os conselhos do secretário de relações institucionais da Bahia, Rui Costa, que há meses vinha tentando um acordo, visando unir no mesmo palanque a deputada e o Dr. Ruy Carvalho.

Desculpa apresentada: "o PT é ruim de conversa", ou seja, não aceitou ceder o número de secretarias que foi pedido, e também, não pactuou o apoio para 2010.

Do outro lado, o prefeito Newton Lima, que agia com prudência evitando negociar secretarias com partidos pequenos, abriu completamente a guarda para os desejos ávidos do PSDB, e praticamente confirmou o acordo.

Segundo informações que vieram do palácio Paranaguá, funções importantes do governo municipal poderão ser preenchidas por integrantes do grupo da deputada, na próxima semana.

"Angelistas" que ocupam cargos no governo estadual, temem que essa aliança abale as relações com o Palácio de Ondina. Algumas "boquinhas" poderão ir para o espaço.

Só a interferência do governador Wagner poderá impedir essa união.

10 comentários:

Anônimo disse...

A gulodice da deputada precisa ser contida, deve entregar todos os cargos estaduais.

Anônimo disse...

O que falta ao PT e ao doutor Ruy, em particular, é um pouco de humildade. Ruy não tenta conquistar apoios, ele procura impor adesões. Não sabe dialogar politicamente, é arrogante e imaturo.
São defeitos desse tipo que fazem com que o governador Jaques Wagner tenha hoje o prefeito Newton Lima como primeira opção em Ilhéus. A avaliação em Ondina é de que Ruy não emplaca e as pesquisas do Governo do Estado já mostram o petista em terceiro lugar.
A divulgação desse factóide (aliança entre Newton e Marão) é mais uma demonstração do despreparo e do desespero do PT.
Amigo Gusmão, eu diria que é uma rematada tolice acreditar em qualquer tipo de retaliação do governo do Estado contra a deputada , caso o seu grupo venha futuramente a apoiar Newton. Esteja certo de que, se ela seguir esse caminho, será exatamente sob a orientação do Governador, de quem a deputada já demonstrou ser reiteradamente uma aliada fiel.
Espero que esse comentário seja publicado.

Abraço,
Chilli

Anônimo disse...

Seu blog é serio e tenho uma admiração muito grande. Dr Mario é candidatissimo a prefeito de Ilhéus e ja+++ será vice de NEWTON.

Anônimo disse...

Jabes Ribeiro disse a um dirigente petista de Ilhéus, e não fez questão de segredo: Agora vocês vão ver o que eu passei nas mãos dessa mulher.
Acho que esta frase pode ser estendida a Newton Lima.

Anônimo disse...

Aos puxa-sacos de Geraldo

O candidato do governador Wagner será Dr. Ruy, pode apostar.
Nas eleições de 2010 Ângela pediu votos para Paulo Souto e Newton estava comprometido com o bando de Vaderico.

Dr. Ruy não impõe adesões, ninguém pode fazer isso, ele não aceita o fisiologismo, fazer política como moeda de troca. Trata-se de um homem sério.

O grupo da deputada é guloso, adora cargos. Em 2004 após ter rompido com Jabes (de mentirinha), não teve coragem para entregar os cargos. Seus apadrinhados continuaram comendo nas estruturas do poder.

A aliança de Marão e Newton vai ser confirmar, pode esperar. Os padrinhos dessa aliança são Mirinho e Edson Silva. Os dois fizeram a ponte.

Dr. Ruy é um cara que merece nossa confiança. Newton foi fiel a Valderico até o fim, Ângela só pensa em cargos, já Ruy assumiu uma bomba, todas acreditavam que ele sairia prejudicado, ao contrário, demonstrou compromisso com o interesse público e melhorou consideravelmente o atendimento no hospital. Converse com os funcionários, procure saber.

O regional hoje é um hospital confiável, atende a todos que o procuram, inclusive, centenas de crianças, que acompanhadas dos pais, recorrem a ele, já que a rede pública municipal não funciona.

Será uma pena, se Ilhéus fizer outra opção.

Anônimo disse...

Gusmão, corrija por favor.

Aos puxa-sacos de Geraldo

O candidato do governador Wagner será Dr. Ruy, pode apostar.
Nas eleições de 2006 Ângela pediu votos para Paulo Souto e Newton estava comprometido com o bando de Vaderico.

Dr. Ruy não impõe adesões, ninguém pode fazer isso, ele não aceita o fisiologismo, fazer política como moeda de troca. Trata-se de um homem sério.

O grupo da deputada é guloso, adora cargos. Em 2004 após ter rompido com Jabes (de mentirinha), não teve coragem para entregar os cargos. Seus apadrinhados continuaram comendo nas estruturas do poder.

A aliança de Marão e Newton vai ser confirmar, pode esperar. Os padrinhos dessa aliança são Mirinho e Edson Silva. Os dois fizeram a ponte.

Dr. Ruy é um cara que merece nossa confiança. Newton foi fiel a Valderico até o fim, Ângela só pensa em cargos, já Ruy assumiu uma bomba, todas acreditavam que ele sairia prejudicado, ao contrário, demonstrou compromisso com o interesse público e melhorou consideravelmente o atendimento no hospital. Converse com os funcionários, procure saber.

O regional hoje é um hospital confiável, atende a todos que o procuram, inclusive, centenas de crianças, que acompanhadas dos pais, recorrem a ele, já que a rede pública municipal não funciona.

Será uma pena, se Ilhéus fizer outra opção.

Anônimo disse...

Ninguém questiona a capacidade administrativa do Dr. Ruy e é até possível que ele viesse a ser um bom gestor do município.

Ilhéus de fato precisa de alguém com uma boa visão e honesto. Não há nada que desabone a conduta moral do Dr. Ruy, mas o que se questiona é a sua capacidade de aglutinar forças de dialogar politicamente.

Chame de fisiologismo, se quiser, mas é a mesma coisa que Lula e Wagner chamam de governabilidade. Não se faz política sem trocas e jogo de interesses, por mais que essa prática nos traga repulsa.

É assim em Brasília, Salvador, Ilhéus, Washington, Roma, em qualquer lugar. Eu até gostaria que não fosse, admiraria que tudo fosse lindo e maravilhoso, que todas as pessoas entrassem na política dispostas exclusivamente a lutar pelo bem comum. Gostaria sinceramente que fosse assim, mas não é.

Sempre torci pelo doutor Ruy em Ilhéus e votaria nele se morasse aí. A avaliação que faço não tem a ver com preferência, é uma observação fria e a minha opinião, que pode estar errada. Não me acho dono da verdade.

O que não admito é a linha de argumentação que deixa os fatos de lado para atacar as pessoas. Nos classificar como "puxa-sacos de Geraldo" só pode ser fruto de algum tipo de miopia ou uma indignação que contaminou o raciocínio.

E olha que eu nem chamei o anônimo acima de puxa-saco de Ruy. Naturalmente, mais por respeito do que por convicção.

Chilli

Anônimo disse...

Não concordo que o fisiologismo seja uma regra na política.

Pode ser um traço comportamental comum, talvez um paradigma, mas, com Ruy, tenha certeza que será quebrado.

Geraldo é um mal para a política regional. Dentro do PT ele é tão odiado quanto era o finado ACM.
Falso, dissimulado, simulacro de bom homem público.

Gosta de condenar ao ostracismo aqueles de divergem do seu coronelismo. Ruy está dando a testa, por isso está sofrendo as consequências.

Desculpe anônimo de cima pela alcunha de puxa-saco. O que Geraldo está fazendo com Ruy é revoltante.

Mais uma vez, peço desculpas.

Anônimo disse...

A nossa região se acostumou a um tipo de jornalismo em que a crítica é vista como praga a ser exterminada.

Opiniões divergentes são o pressuposto de qualquer debate, mas por aqui ninguém parece admitir o contrário. Quem pensa diferente de mim deve, necessariamente, ser meu inimigo?

Eu e o ferrenho partidário de Ruy podemos ter mais em comum do que ele imagina. Um ponto, certamente, é o desejo de que o petista vença as eleições.

Se avançarmos um pouco mais, o anônimo vai perceber que também concordamos em algumas opiniões sobre Geraldo. Em muitas opiniões, eu diria.

Queira Deus que o Dr. Ruy Carvalho supere suas dificuldades e consiga firmar alianças que o levem ao governo municipal.

Espero até estar errado e perceber, mais tarde, que as estratégias de Ruy eram arrojadas demais para o meu pequeno entendimento. Vai ser uma boa surpresa e um motivo de alegria no bate-papo pós-eleitoral, de preferência na praia e com uma cerva geladíssima.

Por enquanto, só posso me contentar em acompanhar os fatos. Ainda que me desagradem.

Abraço (sem ressentimentos)
Chilly

Jonathan de Oliveira Cruz disse...

Os partidos da base aliada do governo do estado já admitem o crescimento e a popularidade do médico Mário Alexandre. Nas suas caminhadas nos morros, bairros, zona rural... o povo abraça seu nome como A ESPERANÇA DE ILHÉUS, pela sua simpatia, competência e honestidade. E já se fala no senadinho e na J.J. Seabra que tem político grande se oferecendo para ser seu vice.