domingo, 21 de dezembro de 2008

Dejair Birschner anuncia secretariado repleto de familiares

Uma tremenda vergonha! Nepotismo escancarado.

O próximo prefeito de Una, o madereiro Dejair Birschner, anunciou a equipe do seu governo, uma gestão voltada para a família, a dele.

A estrutura administrativa de Una possui oito secretarias, os parentes de Dejair ocuparão três pastas, e também, a chefia de gabinete.

"Álbum" de família:

Tiago Birschner (filho) - chefe de gabinete.
Valdecir Birschner (irmão) - secretário de transportes.

Gleyciane Birschner (filha) - secretária de saúde.

Valdir Nascimento Hora (genro) - secretário de finanças.

A esposa de Dejair (D. Maria) foi eleita vereadora, e está tentando a presidência da câmara de vereadores, caso não consiga, será nomeada secretária de assistência social, função que já ocupou na última gestão do marido.

É provável que mais familiares ocupem cargos de segundo escalão.

Que maravilha!

2 comentários:

Luciano disse...

Gusmão, a Súmula 13 não atinge aqueles cargos considerados de natureza POLÍTICA, ou seja, essenciais à estrutura do poder. Só vale pra os cargos de chefia, direção e assoria. Secretários municipais e secretários de Estado são cargos políticos. Esse entendimento ficou patente na representação contra o governador do Paraná, que insistia em manter como secretário de transportes o seu irmão. Basta conferir no site do STF. Assim, colocar como secretários parentes até o 3º grau, em lina reta, colateral ou por afinidade, para o mal ou para o bem, não é nepotismo. Mas, isso em 1º escalão apenas!!! Nesse caso de Una, no entanto, cabe, pelo menos, o questionamento quanto à MORALIDADE dessas nomeações. O que é isso? Uma empresa familiar? Mesmo sendo uma medida legal, haja visto o entendimento do STF, será que os princípios administrativos da impessoalidade e da própria moralidade não estão sendo feridos?? bom, tenho pra mim que sim....mas, é uma decisão aburdamente legal.

victor disse...

Mesmo com a súmula 13 do STF ter dado o pleno direito ao gestor do executivo nomear com tranquilidade parentes até 3 grau para os cargos políticos, o prefeito Dejair nomeou apenas 3 parentes, sendo que o chefe de Gabinete do prefeito não é o Tiago Birschner e sim o afilhado de Jabes Ribeiro, o jovem Victor da Veiga.