domingo, 23 de dezembro de 2007

O Natal e as dores do mundo.

Onde está o Natal? Qual o significado disso? Na minha opinião, o Natal é tido hoje em dia como uma data meramente comercial. Furor nos shoppings!!
É necessário refletir. A idéia primordial do Natal é a comemoração da perspectiva de salvação do homem, através do nascimento de Jesus Cristo. Infelizmente, estamos muito longe disso. As dores do mundo transformam esse otimismo natalino, em um espetáculo do rídiculo. O mundo nessa data dissimula.
Mesmo asim, penso que essa data é fundamental, é o momento de nos envergonharmos. Somos contraditórios. Feliz Natal pra mim mesmo! Na verdade todo desejo de Feliz Natal é uma mera formalidade.
Cada árvore natalina é artificial e um ponto de interrogação.
Onde está o Natal? Em que lugar? Nesse mundo em que vivemos?
Veja esse vídeo. Mostre a seus filhos. Por um breve tempo, deixe de comer as frutas cristalizadas, e ponha um pouco de fel em sua boca.

Um comentário:

Pimenta disse...

Bela reflexão, companheiro. Compartilho desse sentimento sobre a artificialidade das comemorações natalinas. Muito se compra, muito se consome, mas pouco se reflete sobre o real sentido dessa data. Realmente, o momento é de nascimento, ou renascimento, de Cristo em cada coração. É o momento de lembrarmos que Deus se fez carne e ofereceu o sacrifício que nos libertou do pecado.

É uma penas que as ceias incrementadas dominem uma festa, na qual mais coerente seria lembrar que Cristo nasceu em um estábulo e não teve direito sequer a um simples enxoval, pois foi envolto nos farrapos que havia disponíveis.

Não é à toa que tanta gente reclama do vazio espiritual e da tristeza que sente no Natal. Isso é simplesmente a conseqüência de uma comemoração comercial, mecânica e desvinculada do seu verdadeiro significado.

Forte abraço!